Espondilite Anquilosante e Entesites

alt=
Espondilite Anquilosante e Entesites

Espondilite Anquilosante e Entesites – entesite é um processo inflamatório da entese (que é o nome dado ao local da ligação do músculo, tendão ou ligamento ao osso, ou seja, é o pontos de inserção). 

Espondilite Anquilosante e Entesites

Enteite é uma condição em que a enteses locais onde os tendões e os ligamentos se inserem e se prende na superfície óssea tornam-se dolorosas e inflamados.

O desenvolvimento da entesite tem sido associado à presença de HLA B27, um gene fortemente ligado à Espondilite Anquilosante (EA). As duas condições frequentemente ocorrem juntas, entre 25 e 58% dos pacientes com EA também relatando entesite. Na verdade, o link é tão forte que a entesite foi definida como uma característica da EA.

Onde a entesite causa dor?

Enteite pode atacar em qualquer lugar onde o osso é ligado ao tendão. Frequentemente afeta locais comumente associados à EA, por exemplo, a pelve e a região lombar. No entanto, a sensação de entesite também pode ser experimentada na periferia – os joelhos, os calcanhares, (que é o local mais freqüente) e as solas dos PÉS (Fascíte Plantar).  Isso significa que a dor pode ocorrer em qualquer uma dessas áreas, bem como na parte inferior das costas, podem ser sinais de alerta de possíveis da EA.

Observe e informe o seu médico

A ocorrência é frequentemente subdiagnosticada na clínica. Pode ser complicado para seu médico detectar como os sintomas óbvios nem sempre estão presentes e os métodos de diagnóstico atuais não possuem sensibilidade. Você pode ajudar a superar esses obstáculos ao manter um registro de seus sintomas.

Anote ao longo de um mês, os locais de dor observando a localização da dor e o número de dias que apareceu, então mostre ao seu médico em sua próxima consulta. Uma visão panorâmica de seus sintomas pode ajudar o seu médico a diagnosticar entesite de forma mais rápida e precisa. Isso, por sua vez, contribuirá para uma melhor compreensão de seu estágio de doença geral e maior probabilidade de diagnóstico da EA.

Em termos de como seu médico irá diagnosticar entesite, o primeiro passo geralmente será um exame físico, pressionando nas extremidades dos tendões e ligamentos para verificar a dor. Peça ao seu médico para verificar qualquer área onde tenha tido dor.

Às vezes, a falta de inchaço aparente ou inacessibilidade do local da dor pode prevenir o diagnóstico físico. Neste caso, as tecnologias de imagem, como ultra-som ou ressonância magnética podem ser usadas. Estas tecnologias também são mais sensíveis do que as avaliações físicas, se seu médico não detectou entesite, mas ainda está com dor, você pode pedir que explore essas opções para confirmar seu diagnóstico.

Maneiras de se sentir melhor

Tal como acontece com muitos aspectos da EA, um diagnóstico de entesite pode levar tempo para confirmar. Enquanto você espera, há vários passos que você pode tomar para gerenciar seu desconforto. As dicas gerais de autocuidado para inflamação funcionam bem – banhos quentes, palmilhas e amortecimento, gelo para suavizar as articulações inchadas. Evidências de pacientes com EA sugerem que massagens também podem ajudar a aliviar a dor e melhorar a qualidade de vida.

Se você acha que você ou alguém que você conhece pode ser afetado pela entesite, comece a manter um registro de seus sintomas e fale com um médico sobre suas opções.

Este artigo foi escrito pelo Dr. Shashank Akerkar, com a ajuda dos especialistas residentes em ThisASLife.com. Um site social que ajuda toda a comunidade AS a: aprender. Compartilhar. Inspirar. Discutir.

[su_slider source=”category: 67″ link=”post” height=”600″]

 

Comentários

Comentários

Sejam bem vindos!