Pilates pode ajudar no tratamento da Espondilite Anquilosante?

0
828

O Pilates é um conjunto de exercícios desenvolvido por Joseph por volta de 1920, onde tratava soldados da guerra. São exercícios realizados tanto no solo quanto em aparelhos exclusivos para o método. Tais exercícios exigem do aluno/paciente concentração total, onde a mente deve estar conectada o tempo todo com o corpo, desenvolvendo movimentos suaves, afim assim de restaurar a saúde em pessoas em condições patológicas e/ou manter a qualidade de vida.

Atualmente presenciamos grande quantidade de aletas de variados esportes praticando Pilates, pois o método tem como foco o fortalecimento da musculatura estabilizadora profunda do abdômen, promove o ganho de mobilidade para as articulações, reeduca a postura, ganho de consciência corporal, sem contar a musculatura toda saudável (músculos alongados e tonificados).

No Pilates, trabalhamos com seis princípios: Respiração, fluidez, concentração, controle, centro de força e precisão, que quando trabalhados em conjunto nos dão a execução perfeita do exercício.

Pilates
Pilates

O Pilates tem se tornado muito indicado atualmente por ser um exercício de baixo impacto nas articulações, pois promove o fortalecimento de toda a musculatura que envolve a articulação.

Dentre os benefícios podemos citar a melhora da respiração, ganho de equilíbrio, diminuição do stress, prevenção de lesões, tratamento de desvios posturais, tratamento de hérnias discais, para atletas o método proporciona o ganho de flexibilidade e fortalecimento muscular, ajudando assim na técnica correta para aumento de performance, tratamento de espondilite anquilosante, espondilolistese, melhora do equilíbrio postural em portadores de Parkinson,  fortalecimento dos músculos abdominais, melhora de postura de consciência corporal, elimina toxinas e facilita a drenagem linfática, promove relaxamento e bem estar, eleva a autoestima, ajuda na prevenção da osteoporose,  alivia dores musculares, promove menor atrito nas articulações, melhora coordenação motora, tonifica musculatura, aumenta concentração, melhora desempenho sexual, ajuda na incontinência urinaria e aumenta a resistência física e mental.

O  Pilates pode ser praticado por pessoas de todas as idades, inclusive gestantes. Deve ser acompanhado por profissional especializado, seja na área de Educação Física ou Fisioterapia.

Deve se atender no máximo 3 alunos por turma, afim de valorizar a correta execução dos exercícios, pois o Pilates preza pela qualidade do movimento e não pela quantidade. Geralmente são aula de no máximo 1 hora de duração.

Fonte: Manchete Esportiva

Sejam bem vindos!