Órgãos e Tecidos Afetados Pela Doença

3
593
Osteoporose

Órgãos e tecidos afetados na Espondilite Anquilosante 

Quando falamos de órgãos e tecidos afetados na espondilite anquilosante imaginamos sempre articulações e ossos entretanto também acomete tecidos moles, músculos, olhos, sistema cardiovascular, intestino, pele etc nesse texto descreveremos as áreas afetadas pela EA e quais possíveis complicações.

Articulações da coluna vertebral

Inflamação das articulações da coluna que causa dores e rigidez matinal. A doença começa nas articulações situadas entre o sacro e a pélvis, denominadas articulações sacro-ilíacas, porém em alguns casos podem iniciar-se noutras articulações.
Outras articulações
As articulações sacro-ilíacas, ombros, punhos, joelhos e tornozelos, são as mais afectadas, quadris,  externoclavicular. O efeito nessas articulações é similar àquele na coluna. Pode haver um período de dor na articulação.
Ossos
Algumas vezes, a inflamação acontece em locais sensíveis ou dolorosos em ossos que não fazem parte da coluna, como o osso calcâneo do calcanhar – tornando-se desconfortável ficar em pé em chão duro neste caso palmilias de silicone são bem vindas  – osso da perna a fibula também pode ser afetado – e o osso ísqueo da bacia.
Olhos
 
Uveíte ou Irite – inflamação da região colorida do olho (íris) ocorre em 1 a cada 7 doentes. Os doentes apresentam olhos avermelhados e doloridos. Quando isto acontece, o doente deve dirigir-se ao hospital – urgências – o mais rápido possível, pois pode ocorrer danos permanentes.
Coração, Pulmão e Sistema Nervoso Central
 
São complicações raras, afetando menos de 1 entre 100 doentes. A inflamação pode afetar as válvulas do coração, as articulações ou discos entre as vértebras, podendo assim comprimir um nervo ou a medula óssea, causando dormências, fraqueza muscular ou dores. O pulmão raramente é diretamente afetado por uma fibrose na sua parte superior. O pulmão pode ser indiretamente comprometido pela diminuição da expansibilidade da caixa torácica causada pela espondilite.
Pele
 
Psoríase, uma condição inflamatória comum da pele, caracterizada por episódios frequentes de vermelhidão, prurido e presença de escamas prateadas, secas e espessas, pode estar associada à espondilite anquilosante em alguns pacientes.
Intestino
A Colite Ulcerosa e a Doença de Cronh (inflamação do intestino) podem estar associada à espondilite anquilosante em alguns pacientes.
Estômago, rins e figado
 
Indiretamente estes órgãos podem ser acometidos seriamente pelas medicações utilizadas pelo paciente para amenizar as dores e inflamações, o estomago por digerir os rins por filtrar os residuos e o fígado por sintetizar estas substãncias.
Músculos, tendões, ligamentos etc.
 
Os músculos, tendões, ligamentos e tecidos moles que originam ou insere nas articulações afetadas também são afetados e por falta de atividade física devido ao processo inflamatório ha uma perda rasoavel de massa muscular o que dificulta a ambulação do individuo.
O Psicológico
 
Talvez o mais afetado devido a todos ao redor amigos e famíliares imcompreender o que ocorre e muitas vezes sermos taxados de fracos, e pelo fato de sabermos que somos capazes e que muitas vezes somos considerados doentes psicologicos o que nos deixa mais doentes.

3 Comentários

  1. sou portadora da doença e já tive q imobilizar meu pé esquerdo por conta de inchaço e dor,a patela do meu joelho direito já saiu do lugar duas vezes e não tenho firmeza mais nele….fiz uma tumografia do sacro e não deu nada…mais sinto muitas dores mesmo tomando medicações fortíssimas….sem falar q tem dia q nem aguento abrir meus olhos direito de tanto q eles estão vermelhos e doendo…bom conviver com a doença pra mim t´pa sendo muito difícil pq além desses sintomas citados acima sinto dores fortíssimas da nunca ate a testa….e foram as outras q são nos punhos,gluteo,pernas,ombros etc…está sendo muiti difícil pra mim convivert com tudo isso….

  2. Olha amiga a labirintite pode ser causada por diversos fatores e um dele pode estar ligado as medicações que tem como efeito colateral a labirintite dentre outros, a síndrome miofascial é a inflamação da fáscia muscular tecido que recobre os músculos.

  3. Tens toda razão: nem sempre começa na sacro-ilíaca, tenho fusão inicial na cervical e agora com comprometimentos indo pra lombar, com várias das consequências citadas aqui: intestino, estômago, pés, musculos e articulações, e ainda outras não citadas como a labirintite, fibromialgia e síndrome miofascial, e claro depois de tudo isso o psicológico não pode ficar 100%.

Sejam bem vindos!