Fator Psicológico Influencia nas Crises de Espondilite

3
550
alt=
Fator Psicológico Influencia nas Crises de Espondilite. As doenças autoimunes são um mistério para a ciência. Até agora conhecemos os seus sintomas e o seu desenvolvimento, mas ignoramos o que as produz, agora sabe-se que o fator Psicológico Influencia nas Crises de Espondilite. A maioria delas pode ser tratada, mas não curada. Existem muitas hipóteses sobre isso, mas nenhuma delas está totalmente comprovada. O que sabemos até hoje é que a mente desempenha um papel importante nestas patologias.

Fator Psicológico Influencia nas Crises de Espondilite

A ciência diz que as doenças autoimunes são o resultado de múltiplos fatores, dentro dos quais a genética desempenha um papel muito importante. No entanto, até agora não há provas concretas de que isso realmente acontece. Em vez disso, foi provado que a mente desempenha um papel decisivo nessas patologias, especialmente em como as experiências subjetivas produzem essas doenças.

Existem diferentes abordagens para o problema. Alguns argumentam que esta é uma incapacidade da pessoa para verbalizar emoções; outros indicam que é uma resposta defensiva contra a desintegração emocional. Alguns acreditam que pode ser um “delírio do corpo”, cujo antecedente é a depressão ou então é a resposta para um conflito insolúvel.

Fator Psicológico Influencia nas Crises de Espondilite – Em consulta médica com um gastro e um cirurgião da equipe do hospital da USP o qual cuidaram de mim, (2012) por 17 dias estive internado, sendo dois dias numa UTI para tratamento de uma obstrução intestinal causada por antinflamatórios que eu tomo para a EA estou me recuperando bem destes problemas e estive em visita a Bahia, quando na oportunidade minha dieta saiu totalmente de controle, churrasco, refrigerantes, farinha de mandioca, pimenta e todos os condimentos baianos e mesmo assim não tive nenhum distúrbio gastrointestinal, porém quando cheguei em São Paulo e voltando a minha dieta, pouca gordura, tempero quase zero, controle total, na segunda semana tive problemas com má digestão, gases etc. ambos médicos me questionaram se eu estava deprimido com a volta a SP,  se tinha muita saudade da Bahia conclusão: quando sai de lá deixei uma paixão não correspondida e aqui fiquei muito deprimido, com muita saudade, muito triste e o diagnóstico dos médicos meu emocional influência diretamente em meu sistema digestivo. A cura? Voltar a morar na Bahia ou esquecer esse amor e partir pra outro ou procurar atividades que eu goste de fazer que ocupará meu tempo, estou tentando, já me matriculei num curso de dança de salão.

Minha história com EA 

Pesquisando o assunto emocional percebo que todas minhas crises com EA e problemas digestivos vem depois de situações emocionais no qual entro em depressão, a primeira crise vem após um câncer de pele, a segunda após fim da faculdade e do meu estágio ao qual fui dispensado.
Resultados de pesquisas mostram que a maioria dos pacientes portadores de doenças reumáticas tem problemas psicológicos, problemas sociais ou seja: são pessoas fechadas que não abre o coração pra os outros que não contam seus problemas, eu sei que é difícil mudar rápido mais está na hora de abrir nossos corações, amar mais, permitir serem amados, vamos dançar nos divertir, isto quando a nossa saúde permitir, nos momentos de crises pensem em coisas boas que faremos quando essa crise passar, planejem o futuro pensem em coisas boas abortem pensamentos maus, quando você acredita naquilo em que pede você consegue, leiam a bíblia, livros de auto-ajuda, leiam O Segredo (The Secret), acreditem de verdade eu não acreditava que meus problemas psicológicos poderiam influenciar minha saúde tão diretamente e hoje vejo claramente a interconexão entre ambos, caros amigos, contem aqui suas experiências e permitam a publicação neste blog, abram seus corações mesmo que no anonimato isso ajudará a muitos.
 

3 Comentários

  1. Estes dias venho sofrendo bastante o efeito da depressao… os remedios de dores n fazem o mesmo efeito o intestino desanda… essa ea é uma linha muito tenue… vc tem que manter o fisico na linha e o emocional mais ainda… se qualquer um dos dois escorregar vc afeta diretamente o outreo, como uma machadada violenta e é nesta hora que separam-se os homens dos meninos… confesso que nao sei se to pelo lado da bola ou do bourbon… porem acredito q estamos quase todos, se nao todos neste mesmo barco… alguns ja conseguiram patentes mais altas eu estou aqui ainda lutando contra instinstos naturais de reaçao…

Sejam bem vindos!