Falando de sexo para o paciente com espondilite anquilosante

0
704
Sexo

Dor e rigidez relacionada com espondilite anquilosante pode ter um impacto negativo sobre sexo e a intimidade, mas desistir não pode ser opção, essa matéria é baseada em uma matéria internacional e o link para original está no final, a sexualidade para pessoas com espondilite anquilosante aqui descrita leva em consideração todas as formas de amor.

Enquanto fadiga e mobilidade reduzida podem inibir a excitação sexual em pacientes com espondilite anquilosante (EA), é importante encontrar formas de desfrutar dessa intimidade. EA é uma doença progressiva e você provavelmente terá que fazer ajustes para a sua rotina sexual, dependendo se você tem dor nas costas, quadris ou outras articulações importantes. Seja criativo com diferentes posições, brinquedos e técnicas.

Eros
Clima erótico e romântico pode ajudar

Encontrar maneiras de ter relações sexuais e dar prazer ao parceira(o) melhora sua auto-confiança e a conexão com a sua parceira (o). O objetivo é ser capaz de dizer: “Eu posso agradar minha parceira(o) e ser valioso em um relacionamento”, diz Mitchell Tepper, PhD, MPH, um especialista reconhecido em terapia sexual para as pessoas com deficiência e seus parceiros(as) – ele próprio é tetraplégico.

Lembre-se que você não está sozinho. Os homens com espondilite anquilosante (EA) relataram maior disfunção sexual do que seus pares sem a condição e eram mais propensos a ter queixas sobre a sua vida sexual, de acordo com um estudo publicado no International Journal of Impotence Research. Outro estudo de 612 pessoas, publicados na revista Rheumatology, descobriu que pacientes com EA  mais ativa relatou uma vida pobre em atividade  sexual. Eles descreveram suas relações sexuais como sendo impactadas negativamente em um de “moderadamente” e “extremamente” afetados.

Não há pesquisas que sugerem que os homens com EA são mais propensos a sofrer de disfunção sexual, como ejaculação precoce ou disfunção erétil , por isso, se você está tendo problemas em atingir ou manter uma ereção, fale com o seu médico.

Como falar sobre sexo e espondilite anquilosante

Ter uma conversa honesta e aberta com sua parceira(o), aquela que você compartilha seus desejos, bem como quaisquer limitações que você está tendo. Deixe sua parceira saber como o seu diagnóstico está afetando no momento.

Imagem preto e branco, homem beijando costas de uma mulher
Não apenas o ato sexual deve ser prazeroso, mas todo momento

 

Se sua parceira(o) está aflita com o seu diagnóstico ou falando sobre novas posições e técnicas sexuais, ela ou ele pode precisar de algum tempo para se adaptarem às mudanças necessárias. Ela pode ajudar, falem em particular sobre as preocupações com um terapeuta sexual, ou em terapia de casal em um ambiente confidencial.

Dicas para apreciar o sexo

Você e sua parceira terá  a oportunidade de ver os desafios da EA de uma maneira a explorar criativamente o sexo. Aqui estão algumas ações que você pode tomar para ajudar a reacender o prazer sexual:

  • Tratar como, primeiro de tudo, você vai se sentir melhor se o sua doença estiver  bem gerida. Converse com seu médico sobre os medicamentos que podem reduzir a dor e rigidez.
  • Concentre-se no seu parceiro. O sexo não se limita a relação sexual mutuamente satisfatória. Haverá momentos em que você não está se sentindo excitado, mas ainda é necessário desfrutar tocando, massageando, e dar prazer a sua parceira através do sexo oral ou usando brinquedos sexuais. Da mesma forma, pode haver momentos em que a sua parceira só quer agradá-lo.
  • Toque e se conecte. Tepper defende toque íntimo, segurando e acariciando em uma posição que é confortável, sem necessariamente ser o ato sexual em si para a relação sexual ou orgasmo.
  • Identifique o seu melhor horário  do dia com menos dor. “Todos nós temos momentos em que temos mais energia”, diz Tepper. Se você acorda com rigidez o sexo pela manhã pode não ser uma opção. Compartilhe esta informação com o sua parceira para que ele ou ela não tenha dúvida sobre quando é o momento certo.
  • Mantenha-se ativo. Ficar fisicamente ativo mantém todo o seu corpo pronto para o sexo. Exercício leves poderia ser um bom opção. Se for confortável para você, tente trabalhar com o sua parceira, tomar um banho a dois, e se envolver em relações sexual pode ser muito excitante.
  • Tente em pé ou ajoelhado. Experimente várias opções de posições. Por exemplo, os homens com menos dor nas costas pode desfrutar do sexo (vaginal e oral) mais  pode ser em pé ou de joelhos em vez de deitado. Uma opção para o homem a ficar na base da cama e sua parceira pode usar almofadas para elevar sua região pélvica até a altura apropriada.
  • Tente sentar-se. Outra opção para a pessoa com espondilite anquilosante pode ser sentar em uma cadeira com um suporte firme na lombar. Mantenha o sua parceira no seu colo, seja voltado para você ou de costas.
  • Use almofadas. Há uma série de almofadas de espuma projetadas especificamente para ajudar as pessoas ficarem confortáveis fazendo sexo. Outras opções incluem travesseiros infláveis ou almofadas que permitem controlar a pressão, travesseiros regulares que vão desde almofadas para o corpo ou pequenos rolos de almofadas que podem ajudar a fornecer a quantidade certa de suporte para as articulações doridas.
  • Considere os móveis especialmente concebidos para essa possibilidade. Itens como balanços e cadeiras não só apoia um ou ambos, mas também pode ajudar com os movimentos pélvicos. A terapeuta sexual pode ajudar a decidir se este tipo de investimento é ideal para você.
  • Use lubrificação. A falta de lubrificação vaginal aumenta quando as mulheres envelhecem, e lubrificantes podem ajudar a aliviar este desafio de fazer amor.
  • Criar um clima sensual. Música, velas, óleos perfumados, e os vídeos que você tanto gosta pode ajudar a fazer uma brincadeira sexual mais divertida.
  • Tome um banho de imersão. A banheira de hidromassagem ou banheira para dois pode ser um outro local para o sexo. “A água quente pode ser calmante”.
  • Brincar com brinquedos. Vibradores pode ajudar ambos os parceiros desfrutar do sexo. Existem muitos estilos disponíveis – apenas a compra em conjunto pode ser sexualmente excitante.                                                       Link para matéria original

Sejam bem vindos!