Deficiente Eficiente

0
383
alt=

Deficiente Eficiente – Para qualquer pessoa comum, o conceito de deficiência Física, limita-se a tudo aquilo que seus olhos possam enxergar de imediato, é dizer, ser deficiente seria sinônimo de aparência, ou seja, se eu enxergo externamente que ela existe, então não há o que se discutir. Equivocadamente muitos médicos e peritos entendem que, se a lesão existe internamente, mas o paciente se encontra assintomático, este não possui limitação alguma, devendo ser tratado como uma pessoa totalmente normal.

Deficiente Eficiente

Deficiência Física

O conceito de deficiência física é muito mais abrangente do que se pensa, vai muito além do que os olhos nosso olhos podem alcançar, uma pessoa pode aparentar não ter deficiência física alguma, e, no entanto ser portadora de uma deficiência, que num primeiro momento não salta aos olhos do observador.

Conheça seus direitos aqui 

A lei brasileira define deficiência física, como sendo a alteração total ou parcial de uma ou mais partes do corpo, importante salientar, que esta alteração poderá ser ou não uma alteração externa, assim define o decreto nº 3.298 de 20 de dezembro de 1999, em seu art. 4º

A  Espondilite Anquilosante trata-se de apenas uma das dezenas de doenças Reumáticas existentes, é uma doença degenerativa da coluna vertebral, que atinge não só a coluna, bem ainda, articulações de grande porte, principalmente as articulações sacro-ilíacas e o quadril, sendo o paciente também é acometido por uma doença ocular chamada uveíte, esta também resultante da EA. A doença não tem cura, e se não tratada a tempo, poderá levar a INVALIDEZ PERMANENTE do paciente e isso no auge da sua idade produtiva.

A dificuldade de conseguir emprego é grande para um paciente reumático, com a agenda lotada de consultas, exames e medicações o empregador não contrata essas pessoas, não nos encaixamos no perfil de Portador de Necessidade Especial(PNE), e o INSS cada vez mais dão alta aos pacientes.

Sejam bem vindos!