Cúrcuma no tratamento da Espondilite

alt=
Cúrcuma no tratamento da Espondilite

Cúrcuma no tratamento da Espondilite – Cúrcuma (açafrão da terra), uma opção terapêutica para o tratamento da espondilite anquilosante

Cúrcuma no tratamento da Espondilite

Cúrcuma no tratamento da Espondilite: Um grupo, liderado pelo professor Yousefi da Universidade de Ciências Médicas do Irã, examinou o efeito de uma formulação em nano-gama da curcumina que ocorre naturalmente no tratamento da espondilite anquilosante (EA).

Eles descobriram que as células T reg, que suprimem o sistema imunológico, foram significativamente aumentadas em pacientes com EA que receberam uma dose de nanocurcumina por quatro meses. Especificamente, a curcumina foi capaz de melhorar a diferenciação de Treg.

O que é nanocurcumina

A curcumina é uma substância amarela de ocorrência natural encontrada no açafrão. Seus benefícios incluem propriedades antioxidantes, imunomoduladoras e anti-inflamatórias. A curcumina, no entanto, é pouco solúvel em água, mostra baixa biodisponibilidade oral, é eliminada do corpo rapidamente e é metabolizada rapidamente.

Consequentemente, nesta forma, a curcumina tem pouca aplicação clínica. Para superar esses problemas, nanopartículas de polímeros biodegradáveis ​​foram desenvolvidas como um canal para administração. Essa nanocurcumina resultante aumenta a solubilidade e a estabilidade da curcumina, além de promover a eliminação de radicais livres por meio de adições de vitaminas e minerais.

Embora a curcumina tenha sido objeto de uma ampla gama de estudos clínicos, a atividade biológica da nanocurcumina é pouco conhecida. No contexto da EA, seu mecanismo de ação raramente foi discutido.

Determinando um protocolo para biodisponibilidade de nanocurcumina

Para entender melhor o papel da nanocurcumina no tratamento da EA, 12 pacientes trataram com uma dose de 80mg/kg por um período de 4 meses. Para determinar os efeitos no sistema, mediram-se a taxa de produção regulatória de células T (Treg) e os miRNAs associados ao perfil de expressão de citocinas.

Pesquisas anteriores que postularam que as células Treg desempenham um papel essencial na supressão do sistema imunológico forneceram a lógica por trás do exame dessas células neste estudo. Especificamente, as populações Treg são significativamente desreguladas na EA.

alt="Cúrcuma no tratamento da Espondilite"
Cúrcuma no tratamento da Espondilite

Regulação positiva de Treg em resposta à nanocurcumina

A equipe submeteu o sangue periférico (PB) do paciente com EA à análise citométrica de fluxo para quantificar a mudança no tamanho da população em resposta à nanocurcumina. Yousefi et al. descobriram que essa versão cada vez mais biodisponível da curcumina aumentou significativamente a porcentagem de células Treg presentes no PB em relação ao grupo placebo. Concomitante com a regulação positiva de Treg, houve um aumento na expressão do fator de tradução FoxP3.

A equipe concluiu afirmando que estudos de acompanhamento são necessários para determinar quais caminhos são regulados pela nanocurcumina. Os resultados do estudo demonstraram que a nano curcumina mostra potencial capacidade terapêutica em pacientes com EA como resultado de sua modificação da resposta imune. Especificamente, promove seus efeitos anti-inflamatórios, alterando o fenótipo das principais respostas imunes e estimulando mediadores anti-inflamatórios.

Obs. Parte desse estudo aqui replicado foi suprimido por conter muita informação técnica, o original encontra no link abaixo 👇

Fonte

Yousefi, M et al. (2020) Os efeitos da nanocurcumina nas respostas das células Treg e no tratamento de pacientes com espondilite anquilosante: um estudo clínico randomizado, duplo-cego e controlado por placebo. J. Cell. Biochem, doi: 10.1002 / jcb.28901

News medical 

Comentários

Comentários

Sejam bem vindos!