Cuidados para sua vida após a espondilite anquilosante

0
1980

Gerenciando sua vida após o diagnóstico de Espondilite Anquilosante.


Após o diagnóstico da espondilite anquilosante querendo ou não sua vida mudará muito, aquilo que não tinha valor passa a ter um grande valor, coisas que passavam despercebidas passa a ser vistas de um ponto de vista diferente, assim relações pessoais, emocionais/afetivas, profissionais, tudo mudará, mas o ser humano tem a característica de se moldar de acordo com o ambiente e também moldar o ambiente para se encaixar.

 

Uma cadeira adequada: A cadeira ideal em casa ou no trabalho tem um assento firme e uma posição vertical e firme, de preferência estendendo-se para a cabeça. Uma cadeira com braços também irá ajudar a aliviar o peso da coluna vertebral. O assento não deve ser muito longo, como você pode ter dificuldade em colocar a sua parte inferior da coluna na parte de trás da cadeira. A cadeira deve ser de uma altura que vai permitir que você mantenha um ângulo reto com as articulações do joelho e quadril. cadeiras de escritório deve ser ajustável. Faça o que fizer, evitar, cadeiras e sofás muito  macios e baixos eles irão encorajar a má postura e aumentar a dor.

Observe como você se senta: Tente mover sua coluna regularmente, endireitá-la e esticá-la para o alto e puxando os ombros para trás. Tente não ficar por muito tempo. Levante-se, caminhe e alongue.

Dormir / Escolhendo uma cama: Tome cuidado com a sua cama, colchão e travesseiro. A cama ideal deve ser firme, e a altura dela deve permitir que ao se sentar seu fêmur faça um ângulo de 90° com a tíbia e os pés apoiados no chão. Se o estrado for de molas deverá por uma folha de compensado entre a cama e o colchão. Tente usar alguns travesseiros. Um travesseiro de penas pode ser moldado para se adequar a qualquer posição e ainda dar ao seu pescoço um bom suporte. Se possível, deitar no colchão por 20 minutos antes de comprar para ver se ele é confortável. Verifique sempre a densidade do colchões de acordo com seu peso. Na fase ativa da doença verifique a possibilidade de adicionar uma camada de espuma tipo caixa de ovos para aliviar a pressão.

Deite de lado, coloque uma almofada na cabeça na altura adequada que mantenha a cabeça alinhada com a coluna, uma almofada entre os braços para conforto e uma entre as pernas com objetivo de deixar a coluna lombar em uma posição mais neutra.
Melhor posição para dormir: (Este é o melhor exercício para manter a postura ereta.) Deite de bruços sobre uma superfície firme, como o chão ou uma cama firme. Se não for possível permanecer deitado nessa posição, coloque um travesseiro sob seu peito e uma toalha dobrada sob sua testa. Comece devagar; talvez você não consiga ficar deitado inicialmente  por um minuto ou dois. Muitas vezes é útil fazer este treinamento postural depois de um banho ou ducha quente ou sempre que o corpo estiver aquecido. A cabeça pode ser posicionado diretamente para baixo, descansando sobre as mãos, ou virado para a esquerda ou direita, ou alternado durante o curso de vinte minutos. Quando estiver confortável é hora de manter essa posição para dormir, ela ajudará na postura do dia-a-dia.
(Fonte: Associação Americana de Espondilite Anquilosante )

Tente calor ou frio: O calor vai ajudar a aliviar a dor e rigidez. Muitas pessoas tomam um banho ou ducha quente pela manhã e / ou antes de dormir para reduzir a dor e rigidez, especialmente se fizer alguns exercícios de alongamento  ao mesmo tempo é muito eficaz. Você também pode utilizar compressas e bolsas  de água quente. Se tiver uma área específica inflamada gelo pode ajudar mas tome cuidado como o gelo pode queimar: óleo sobre a pele ajuda a evitar a queima, mas não deixe uma bolsa de gelo no local por mais de 10 minutos.

Não use espartilho ou  cinta: Alguns médicos que não estão familiarizados com a gestão moderna da espondilite anquilosante  (EA) pode prescrever espartilhos e cintas. Estes, muitas vezes pode piorar a situação, uma vez que segurar a coluna rígida e sem movimento na coluna pode acelerar a calcificação/anquilose. Mova-se!

Coma bem : Você precisa ter uma boa dieta nutritiva com abundância de proteína encontrada em carnes, peixes e legumes. Comer frutas e legumes para absorver as vitaminas necessárias, e beber o leite desnatado e seus derivados para suprir suas necessidades de cálcio. No entanto, evitar o excesso de peso.
álcool: Álcool com moderação não é ruim para EA. No entanto, as drogas anti-inflamatórias e álcool pode afetar o revestimento do estômago e não deve, portanto, ser tomados em conjunto.
Não fume: EA pode reduzir a capacidade dos pulmões. Fumar pode tornar isso ainda pior, tornando-o mais propenso a infecções pulmonares e falta de ar. Se você é um fumante, isso é importante que você. Pare! Vários estudos comprovam a piora da dor e maior evolução da doença entre os tabagistas.
Atividade física : A atividade física, por exemplo. Ela fortalece os músculos, que absorvem o impacto e alivia as articulações. O fisiologista lembra que o exercício mantém o tónus, relaxa a musculatura, melhora a flexibilidade, aumenta o condicionamento e aumenta o equilíbrio.

Sejam bem vindos!