Calçados e Espondilite Anquilosante

0
382

Sintomas como dor nos pés, dedos dos pés e tornozelos fazem parte importante da espondilite anquilosante (EA). Quando você está procurando novos sapatos.

Como estão os seus pés hoje? A maioria das pessoas com espondilite anquilosante terá experiência de dor nos pés e tornozelo, a fascíte plantar. Na verdade, é comum que os sintomas da EA apareçam nos dedos dos pés, antepé, na parte de trás dos pés, nos tornozelos e no tendão de Aquiles. Estes problemas nos pé podem fazer da compra de sapatos mais desafiador para pessoas com EA.

1. Opte por apoio.

A consideração mais importante é que os sapatos que você está considerando comprar ofereça apoio. Quanto mais apoio tiver um sapato, mais ele protegerá suas articulações e proporcionará absorção de choque – características que você precisa quando você tem espondilite. Procure também palmilhas removíveis que podem ser substituídas por melhores palmilhas desenvolvida por especialistas em ortopedia personalizadas que fornecem ainda maior suporte. (Converse com seu médico sobre o melhor tipo de palmilhas).

2. Verifique se há espaço para os dedos dos pés.

Nada machuca seus pés mais do que dedos apertados, e se você tiver calos, sapatos apertados só irá agravar ainda mais. Você também irá precisar de algum espaço extra no calcanhar: compre um número maior que o habitual.

3. Mantenha os calcanhares baixos.

As mulheres com EA devem evitar saltos altos. Pesquisas mostram que mulheres que costumam usar sapatos de salto alto, sandálias e chinelos são mais propensas a ter dor nos pés em comparação com as mulheres que usam sapatos casuais, como tênis. Eles não valem a dor que podem causar.

Leia mais sobre: saltos indicados

4. Escolha solados de borracha.

Os melhores sapatos que você pode comprar quando você tem dores nos pés são aqueles com solados de borracha. A vantagem de solados de borracha é que eles dão-lhe mais amortecimento. Verifique os solados dos sapatos que você está considerando tão cuidadosamente comprar, verifique o ajuste. Certifique-se que é mais flexível no calcâneo e no ante-pé (próximo a base dos dedos). (Flexibilidade no meio não importa muito). Experimente antes de comprar, coloque no pé e dê uma volta na loja.

5. Não economize em calçados esportivos (se puder).

Encontrar calçados esportivos quando você tem EA pode ser complicado. Evite calçados com solados duros porque podem ter risco de tropeçar. Se seus tornozelos doerem ou estiverem fracos, você pode dar preferência tênis cano-alto para mais sustentação. Acima de tudo, invista o necessário para comprar um sapato de boa qualidade projetado para correr ou andar.

6. Evite sapatos de cadarços.

Muitas pessoas com EA têm dor em suas mãos, bem como seus pés, e pode ser difícil amarrar seus tênis. A solução é simples: Escolha sapatos que fecham com Velcro.  Um dispositivo de apoio, como um calçado de cabo longo , pode ajudá-lo a obter os pés afetados pela artrite em sapatos mais facilmente.E manter seus olhos descascados para sapatas novas do usuário que incorporam o marketplace. Em 2016, a Nike saiu com o HyperAdapt 1.0, um tênis que se amarra sozinho, que tem sensores que apertam quando o seu pé atinge a almofada e está em na base interna.Nike

7. Peça ao seu médico orientação para comprar um calçado.

Finalmente, peça aos seus médicos recomendações de como avaliar sapatos antes de comprar. Trabalhe em equipe com seu reumatologista e/ou podólog@ para cuidar adequadamente de seus pés. “É a melhor maneira de lidar com os problemas de pé e tornozelo que são comuns quando você tem espondilite”.

Sejam bem vindos!