Bem Estar Global falará sobre espondilite em Campo Grande

Bem Estar Global falará sobre espondilite em Campo Grande

Bem Estar Global falará sobre espondilite em Campo Grande – O evento organizado pela TV Morena terá apoio da Sociedade de Reumatologia.

Bem Estar Global falará sobre espondilite em Campo Grande

Evento vai ser promovido nesta sexta-feira (24), no parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, das 7h às 12h.

Bem Estar Global vai ser promovido nesta sexta-feira (24), em Campo Grande oferecendo uma série de serviços gratuitos a população
Reprodução/TV Morena

A Sociedade Brasileira de Reumatologia do Mato Grosso do Sul é uma das entidades que vai participar do Bem Estar Global 2018 em Campo Grande, que vai ser promovido nesta sexta-feira (24), no parque das Nações Índígenas, das 7h às 12h (de MS).

O projeto – uma iniciativa da Globo em parceria com o Sesi, e apoio da TV Morena em Campo Grande, oferece serviços de saúde e de qualidade de vida gratuitos, além de orientações com médicos de diferentes especialidades, tudo gratuito.

No evento, entre 8 e 10 médicos que fazem parte da SBR no estado vão atender gratuitamente a população e mostrar que uma das queixas mais frequentes dos pacientes, a dor nas costas poder ser mais do que simples “mau jeito”.

De acordo com a entidade, o sintoma pode ser um de “espondilite anquilosante”, uma doença crônica séria, inflamatória e progressivamente incapacitante. As doenças reumáticas afetam as articulações causando dor, inchaço, rigidez e, com o passar do tempo, perda da função articular.

A espondilite anquilosante é uma inflamação das articulações da coluna vertebral e outras articulações, como quadris, ombros e membros inferiores. Acomete três vezes mais homens do que mulheres e pode apresentar os primeiros sintomas entre os 20 e 40 anos de idade. O diagnóstico correto pode demorar em média mais de cinco anos, pois a doença pode se apresentar em surtos de intensidade branda.

Quando não diagnosticada e tratada adequadamente, pode levar à incapacidade física, com acentuada limitação dos movimentos e curvatura da coluna que dificulta o caminhar de forma ereta, ficando com o tronco curvado e a cabeça baixa – o paciente não consegue olhar para frente; somente para baixo.

A espondilite anquilosante se caracteriza pela dor persistente (por mais de um mês) na coluna e que surge de modo lento ou insidioso, com rigidez matinal (diminui de intensidade durante o dia), melhora com exercício e piora com repouso. A espondilite anquilosante pode se iniciar com dor nas nádegas, se espalhando pela parte posterior das coxas e inferior da coluna. Um lado pode ser geralmente mais doloroso do que o outro.

alt="Bem Estar Global falará sobre espondilite em Campo Grande"
Bem Estar Global falará sobre espondilite em Campo Grande

A inflamação das articulações entre as costelas e a coluna vertebral pode causar dor irradiada para o peito, que piora com respiração profunda, sentida ao redor das costelas, ocorrendo pela diminuição da expansibilidade do tórax durante a respiração profunda. Alguns pacientes apresentam forte cansaço, perda de apetite e de peso.

Bem Estar Global falará sobre espondilite em Campo Grande – O evento organizado pela TV Morena terá apoio da Sociedade de Reumatologia.

Curta nossa página no facebook

Comentários

Comentários

Sejam bem vindos!