5 maneiras para melhorar sua relação com a EA

0
718

5 maneiras para melhorar sua relação com a EA. Existe algo que você faz e não está nesta lista? Deixe nos comentário abaixo e deixe-nos informados – colocar nossas experiências escritas pode ajudar outros.

5 maneiras para melhorar sua relação com a EA.

1. Exercício e Fisioterapia

Você não está se exercitando o suficiente. Sim, todos nós temos ouvido que a melhor maneira de lidar com a espondilite anquilosante é a terapia física e exercício físico. Estudos têm demonstrado que a atividade física supervisionada ou em casa melhora os resultados a longo prazo em pacientes com EA. Então, por que você iria evitá-la?
Matriculem em aulas de yoga, pilates, atividades aquáticas etc, fale com o seu médico sobre a terapia física. Não há melhor momento do que agora para começar a considerar o quão importante é um exercício do papel em manter a sua mobilidade.
Se o exercício é uma boa idéia para as pessoas que não têm de se preocupar com a fusão de seus ossos, imagine para você.

2. Ouça o seu médico e pare de evitar medicamentos

Assim que você viu a lista de efeitos colaterais que os biológicos e DMARDs podem causar você acha que é melhor evitá-los por completo, eh? Mas se algum deles ocorrerem converse com seu médico, juntos vocês decidirão o que é melhor pra você. O tratamento é uma via de mão dupla.
Ao evitar tratamentos comprovados em estudos clínicos para ajudar, você está descartando uma possibilidade de remissão.
Vivemos no tempo em que a ciência médica tem finalmente avançado, onde os pacientes recebem mais alívio do que nunca. É tolice não usar isso a seu favor em sua batalha contra a espondilite anquilosante.

spine-257870_640_201605291429257563. Coma saudável, coma com inteligência 

Assim como o exercício, quanto mais saudável você come, mais gerenciável se tornará a EA.
A evidências científicas que sugere que um baixo teor de fécula ou  uma dieta sem amido pode ajudar a reduzir consideravelmente os sintomas da EA. Muitas pessoas argumentam que eles têm conseguido entrar em remissão completa utilizando este método. Além do mais, atingindo um peso saudável significa remover a pressão desnecessária sobre as articulações já dolorosas.
Se você é o que você come, por que você não come mais natural?

4. Conheça sua dor, aprenda a controlar 

Você está em uma batalha diária contra espondilite anquilosante, você precisa conhecer o seu inimigo e todos os seus movimentos. A melhor maneira de fazer isso para controlar a sua dor é ter um diário.
Se você acorda com mais dor um dia depois de comer massas do que depois de comer salada, como você vai saber se você não acompanha? O que dizer quando você levantar pesos versus quando você pratica yoga?
Como os sintomas da espondilite anquilosante variam tanto de pessoa a pessoa, rastrear sua dor é ainda mais importante.

Veja também como gerenciar sua manhã com espondilite anquilosante 

5. Não ignore o seu Grupo de Apoio Social

Você absolutamente não pode ganhar sua batalha contra espondilite anquilosante lutando sozinho. Efeitos psicológicos da dor crônica incluem a depressão e comprometimento da função cognitiva.
A melhor maneira de lutar contra a EA  é chegar a um grupo de apoio social. Se é presencial ou virtual não importa, você não pode fazer isso sozinho. Você precisa procurar apoio em seus dias ruins e manter essa conexão em seus dias bons.
Promover os seus laços familiares e de amizade. Não importa o quão doloroso o seu corpo pode estar hoje, ele vai ficar pior sob a longa sombra da solidão.

Sejam bem vindos!