Treinamento funcional e Espondilite

0
564
alt=
Treinamento funcional e Espondilite – O treinamento funcional se baseia nos movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. O praticante ganha força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento, resistência e agilidade. Ele tira a pessoa dos movimentos mecânicos e eixos definidos ou isolados, como acontece na musculação. Por isso, virou uma alternativa para quem estava cansado dos exercícios mais tradicionais na academia. É um método que ajuda a prevenir lesões, gera melhorias cardiovasculares, a redução do percentual de gordura, emagrecimento e definição muscular. Para trabalhar a musculatura profunda, são utilizados acessórios como elásticos, cordas, bolas, cones, discos e hastes. A frequência considerada para realizar a modalidade é de três vezes por semana.

Treinamento funcional e Espondilite

Ideal para quem busca melhorar o seu desempenho físico e prevenir-se de lesões esportivas e de doenças crônicas, como: sedentarismo, obesidade, hipertensão, diabetes dentre outras. O treinamento funcional oferece um método de treinamento eficiente onde, através de uma avaliação funcional individualizada, elabora-se um planejamento de exercícios específicos para atingir seus objetivos em menor tempo possível.

Conheça também os benefícios do Yoga na Espondilite Anquilosante 

O treinamento funcional primeiramente era indicado aos praticantes de esportes de alto desempenho. Agora foi adequado para frequentadores de academia e pacientes com doenças reumáticas em geral. Essa prática pode beneficiar crianças, adultos, idosos e atletas. Treinamento Funcional ajuda a evitar lesões nas atividades do dia a dia a ideia principal é que o treino físico seja adaptado à funcionalidade dos movimentos do dia a dia, ou de uma modalidade especifica de esporte. Portanto, além de trabalho muscular e alongamento, o repertório inclui exercícios de resistência física, equilíbrio e coordenação motora. O resultado, além  do fortalecimento muscular e do ganho de agilidade, é a prevenção de lesões e a melhora na qualidade de vida.
Se você tem diagnóstico de Espondilite Anquilosante você deveria conhecer essa modalidade, antes de iniciar uma atividade física, converse com seu reumatologista, e conheça o profissional que o irá auxiliar nessa atividade, peça para que o mesmo pesquise sua condição e dê o máximo de informações a respeito de seu estado atual.
Bom treino!

Sejam bem vindos!