Novos Estudos – Sobreposição de Espondilite e Artrite Reumatóide, Relato de caso

0
928
AR e EA
Rara associação de espondilite e artrite reumatóide

Dificilmente na literatura científica você verá a existência de Espondilite Anquilosante (EA) e artrite reumatóide  (AR) numa mesma pessoa, esse estudo descreverá um relato dessa Sobreposição rara

Mariana Kadomoto, Rubens Bonfiglioli, Paula Nogueira Loures, Evelyne Lopes Marcondes Martinelli, Leticia Maria Kolachinski Brandão, Leandro Diniz e Garcia, Cláudia Valéria Pereira Vierhout, Nádia Regina Bossolan Schincariol, André Marun Lyrio, José Roberto Provenza Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Campinas, SP, Brasil

Introdução: A artrite reumatoide (AR) é uma doença articular inflamatória, crônica, que acomete preferencialmente pequenas articulações e tem como marcador sorológico a presença de fator reumatoide (FR) e, mais recente e mais específico, o antipeptídeo citrulinado cíclico (anti-CCP). Já a espondilite anquilosante (EA) também é uma doença crônica inflamatória com acometimento preferencial de esqueleto axial e como marcador sorológico genético o HLAB-27. As duas doenças têm critérios diagnósticos distintos e até o momento poucos casos de concomitância entre as duas foram relatados na literatura.

Objetivo: Relatar a sobreposição de duas patologias distintas, no caso a artrite reumatóide  e a espondilite anquilosante.

Relato de caso: JTC, 37 anos, sexo masculino, procurou o serviço de reumatologia por poliartralgia inflamatória de mãos, pés, cotovelos, joelhos e tornoze-
los, simétrica, acompanhada de rigidez matinal > 1 h, havia três meses. Ao exame físico apresentava artrite de mãos, punhos e joelhos, o punho direito em flexo por sequela de fratura.

Laboratório: FR: 97 UI/mL, anti-CCP: 131UI/mL, VHS: 56 mm, PCR: 5,66 mg/dL. RX de punhos com espaço articular reduzido em ossos do carpo à esquerda. Feito diagnóstico de AR pelos critérios do ACR/Eular. Foi tratado com metotrexato e prednisona. Após seis meses sem melhoria, retornou com queixa de lombalgia inflamatória. RX lombossacral com anquilose de sacroilíacas grau IV. HLAB-27 negativo. Associado anti-inflamatório não hormonal com as medicações de uso prévio, com melhoria parcial. Atualmente está em uso de Etanercepte com bom resultado.

Discussão: Apesar de raro, a sobreposição de AR e EA não pode ser descartada e seu diagnóstico pode ser dificultado devido às manifestações clínicas em comum entre as duas doenças.

Fonte: REV BRAS REUMATOL. 2016;56(SUPL 2): S1-S178

Sejam bem vindos!