Exercicios a serem evitados na Espondilite

6
258

Muito se fala sobre o benefício da atividade física no tratamento da espondilite, mas qualquer exercício é benefício? Tem algum que deve ser evitado? Veja a seguir: exercícios a serem evitados na Espondilite

Fazer exercício físico durante o estado inflamatório ativo da espondilite anquilosante agrava dor e desconforto em seu corpo. Exercícios de moderada a alta intensidade afetam as vértebras e sobrecarrega os músculos ao redor da coluna vertebral. Os ossos de coluna anquilosados ou completamente fundidos se tornam quebradiços, o que piora a situação e apresenta um grande risco de fratura, mesmo devido a uma lesão leve. Os exercícios de alto impacto como saltos, corrida, aeróbica, levantamento de peso e kickboxing devem ser evitados durante este momento. É sempre aconselhável realizar exercícios sob orientação e supervisão de especialistas. Aqui está uma descrição de nove exercícios, que devem ser evitados se você tem complicações espondilite anquilosante.

Ginástica Aeróbica (Step)

Veja a seguir: Exercicios a serem evitados na Espondilite

Step EAB

É uma forma de exercício aeróbio que utiliza uma plataforma elevada. O exercício incorpora múltiplas ações de pisar e descer de forma rítmica. Durante os movimentos passo a passo, a parte superior do corpo também é usada, aumentando assim o choque e sobrecarregando as vértebras afetadas. Além disso, step requer estabilidade e equilíbrio de todo o corpo, o que aumenta as demandas dos músculos das costas e torna as articulações afetadas vulneráveis à dor. No entanto, aeróbica sem saltar diminui o impacto do exercício e o estresse colocado sobre a coluna vertebral.

Corrida

Corrida EAB

Corrida são exercícios de alto impacto que exigem ritmo crescente por um longo período de tempo. Ao correr, as vértebras se chocam aumentando a dor e o desconforto na coluna e pode agravar suas dores. Assim, tais exercícios de alto impacto não são geralmente recomendados na espondilite anquilosante. Corrida também pode aumentar a rigidez das vértebras afetadas pela doença, e assim a flexibilidade da coluna fica mais prejudicada. Em vez de corrida, pode-se optar por caminhar sobre uma superfície plana. O ritmo da caminhada deve ser mantido uniformemente. Mas, antes de iniciar os exercícios que inclui caminhada rápida, certifique-se de consultar o seu médico sobre a sua condição. Cuidado com os sinais que seu corpo pode lhe dar enquanto anda.

Levantamento de peso

Levantamento EAB

Exercícios de levantamento de peso são projetados para aumentar a força, resistência e crescimento dos músculos do corpo. Este exercício cria desafio para o corpo. Exercício de levantamento de peso exige cuidar da posturas e maneiras de levantar o peso. Qualquer erro na manutenção da postura adequada pode causar lesões nos músculos. Usar a mecânica apropriada ao corpo ao exercitar é importante, porque a sobrecarga da coluna cria um desafio de manter uma mecânica adequada ao corpo. Força insuficiente do core e fraqueza muscular pode causar dor severa. Os movimentos contra a resistência pode levar a lesões nos músculos e ligamentos e também pode levar a fraturas de estresse. Assim, em vez de usar o levantamento de peso, pode ser indicado exercícios simples que exigem o seu próprio peso corporal ou peso leve (musculação).

Veja também: Consenso sobre atividades físicas e espondilite anquilosante 

Artes Marciais

Artes Marciais EAB

Kick boxing, boxe, jiu-jitsu entre outras são formas de exercício de alto impacto que inclui chutes e socos movimentos e posturas, “chaves articulares”. Estes exercício envolve movimentos corporais complexos da parte superior e inferior. Os movimentos da parte superior do corpo pode aumentar a tensão em alguns dos músculos das costas e pode aumentar o estresse sobre as vértebras, dependendo do nível de espondilite anquilosante. Kick boxing também aumenta as exigências de equilíbrio e estabilidade, predispondo o corpo a quedas frequentes. Este tipo de exercício deve ser evitado como mesmo uma queda de baixo impacto pode ser debilitante para o paciente de espondilite anquilosante. Inflexibilidade causada pela condição faz com que os ossos se tornam fracos e a pessoa pode sofrer fraturas ósseas. Tal exercícios devem ser completamente evitado.

Parkour

Parkour EAB

Esta é uma forma de exercício que inclui saltos, agachamentos e levantamentos, rolamentos. O l’parkour incluem a ação de saltar e jogar com força para trás, correr, saltar sobre muros e objetos do ambiente urbano. Saltar coloca grande força sobre as vértebras e os discos inter-vertebrais. Devido ao endurecimento da coluna vertebral, as vértebras já estão predispostas ao aumento do impacto e choques. Além disso, agachamento aumenta a força sobre as articulações do quadril e do joelho, juntamente com o aumento das exigências de equilíbrio e estabilidade. Mas, devido ao endurecimento da coluna vertebral, estas exigências são reforçadas, e, assim, aumentar a vulnerabilidade das lesões da articulação do quadril e joelho, ou lesões dos músculos ao redor dessas articulações, com dor aumentada e desconforto nas áreas vertebrais anquilosadas.

Cross training 

Cross EAB

Cross training é uma opção de altíssimo impacto para subir escadas, correr, caminhar, arremessar etc. Isso aumenta o estresse sobre as costas e, portanto, pode aumentar a dor nas costas após o mesmo, aumentando muito a possibilidades de fraturas.

Saltos

Pulando corda EAB

Saltos de qualquer tipo, como pular corda ou jumping, deve ser evitado. Saltar coloca grande força sobre as vértebras e os discos inter-vertebrais. Devido ao endurecimento da coluna vertebral, as vértebras já estão predispostas ao aumento do impacto e choques. Assim, saltar vai causar aumento da dor e desconforto. Em circunstâncias normais, as articulações do quadril e joelho absorvem a maioria dos choques produzidos durante o salto, mas quando a mobilidade da coluna vertebral diminui, a responsabilidade do quadril e joelhos aumenta mais para o equilíbrio do corpo. Assim, tal exercício fará as articulações do quadril e joelho ficar mais vulneráveis à lesão.

Abdominais

Abdominais EAB

É um exercício prejudicial para as costas, especialmente a parte inferior das costas. Nossa coluna tem várias curvas que são benéficas para transferir a pressão nas vértebras. Na espondilite anquilosante, surge uma condição em que a curva normal da coluna se perde. Além disso, quando você executa flexões e extensões da coluna, a curva natural de sua parte inferior fica reduzida. O achatamento da curva lombar aumenta a dor e o estresse nas vértebras. Ao levantar o corpo durante o exercício, as pessoas tendem a puxar o pescoço para a frente e também aumentar a curva de sua parte superior das costas. Estes movimentos acessório aumenta as demandas sobre os músculos das costas, e assim pode aumentar a dor. Abdominais parciais são melhores opções que podem ser usadas em vez de aqueles abdominais com flexão e extensão total. Abdominais isométricas onde não há movimento articular são indicadas.

Levantamento de pernas

Levantamento pernas EAB

É um exercício em que você se encontra em linha reta Numa superfície plana e levanta ambas pernas até que suas pernas fiquem perpendicular ao solo. Este exercício também aumenta a dor nas costas, como quando você levanta sua perna do chão, a curva da parte inferior das costas aumenta até a perna atingir a posição que é perpendicular ao solo. Assim, ele coloca mais exigências sobre os músculos das costas e também na coluna vertebral.

6 Comentários

    • Não é bem assim… Se esses esportes já faziam parte de sua rotina, não terá problemas, e se a EA em você não provocou anquiloses sem problemas

    • Só fique atento aos joelhos, se não tiver lesões… Sem problemas… E se não tiver anquiloses pode fazer qualquer atividade física, apenas deve ser com cuidados específicos

    • Tem outras matérias sobre atividades físicas, é só ir na página principal tem uma área específica só pra atividade física

Sejam bem vindos!