6 razões para procurar seu reumatologista

alt=

6 razões para procurar seu reumatologista – Quando você tem artrite Espondilite Anquilosante (EA), você provavelmente tem um “relacionamento intimo” com seu reumatologista visitando-o regularmente. Vejam as 6 razões para procurar seu reumatologista.

6 razões para procurar seu reumatologista

As consultas agendadas dão a ambos a oportunidade de monitorar o progresso de sua doença, monitorar crises, identificar gatilhos e ajustar os medicamentos. Você também deve usar este momento para relatar quaisquer modificações no seu estilo de vida, como um aumento no exercício ou alterações na sua alimentação.

Entre as consultas agendadas, também pode haver momentos em que você precisa ter consultas extras com seu reumatologista. Aqui estão razões pelas quais você deve procurar agendar uma ida extra ao seu médico.

6 razões para procurar seu reumatologista

1. Você está tendo uma nova crise

Uma visita ao consultório pode ser necessária quando alguém experimenta uma piora da EA. Quando a inflamação da doença se “acende”, o problema é mais do que apenas dor – dano articular permanente e deformidade podem ocorrer.

Cada pessoa com EA tem sintomas e severidade únicos nas crises/surtos. Ao longo do tempo, como você visita seu médico regularmente durante as crises, os dois juntos podem determinar as melhores abordagens de tratamento.

2. Você tem dor em um novo local

A EA atinge principalmente as articulações, causando vermelhidão, calor, inchaço e dor. Mas também pode causar dor em outras partes do corpo. A doença é auto-imune pode atacar os tecidos de seus olhos, tendões e entesis. E em casos raros, ataca o tecido do coração e pulmões.

Se seus ficarem vermelhos, sensíveis a luz e vendo “imagens fantasma”, ou você começa a se sentir muito cansado, você poderia estar entrando numa nova crise, uma consulta com seu reumatologista pode ser recomendada.

3. Você teve mudança no sono ou hábitos alimentares

Pode ser difícil ter uma boa noite de descanso quando você tem EA. A posição de dormir pode ser confortável para as articulações afetadas, mas não para outras partes do corpo. Nova dor ou calor articular pode acordá-lo. Junto com isso, comer também pode representar desafios. Alguns medicamentos para EA afeta o apetite, causando ganho de peso ou náuseas que impede que você coma.

Se você notar que você está dormindo menos ou mudando como e quando você come, consulte o seu médico. É importante saber se as mudanças no sono e na alimentação estão relacionadas a alguns dos efeitos colaterais de alguma medicação ou associados a depressão e ansiedade que podem ser sintomas da EA. Seu médico pode te ajudar indicando mudanças de estilo de vida e medicamentos que poderiam ajudá-lo.

4. Você suspeita de efeitos colaterais

Os fármacos mais frequentemente prescritos para EA são os anti-inflamatórios não-esteróides (AINEs), corticóides, fármacos anti-reumáticos modificadores de doença (DMARDs) e os tratamentos mais recentes chamados biológicos. Embora estes tratamentos melhora a vida de muitos com EA, eles têm efeitos colaterais.

Alguns dos efeitos colaterais dos AINEs incluem edema, azia e desconforto no estômago. Corticosteróides podem elevar o colesterol e açúcar no sangue, e aumentar o apetite, levando ao ganho de peso. DMARDs e biológicos interagem com seu sistema imunológico e pode levar a mais infecção, ou outras condições auto-imunes (psoríase, lúpus, esclerose múltipla). Se sentir efeitos secundários da medicação para EA, consulte o seu médico.

5. Um tratamento não funciona tão bem como costumava ou para de fazer efeito

A EA é crônica e pode ser progressiva. Enquanto muitos começam a fazer o tratamento com AINEs e DMARDs, logo que eles são diagnosticados, esses tratamentos podem ter que ser aumentada com o passar do tempo.

Se o seu tratamento não está lhe dando o alívio que você precisa, consulta o seu reumatologista. Pode ser hora de mudar os medicamentos ou considerar o tratamento menos conservador para aliviar o desconforto e evitar danos a longo prazo das articulações.

6. Você está tendo um novo sintoma

Pessoas com EA podem ter uma mudança em seus sintomas que representa uma mudança significativa no estado de sua saúde. Os sintomas novos que não parecem relacionados podem ser devido à uma nova doença associada.

Por exemplo, há muitos estudos que mostra que pessoas com EA pode ter associada a doença de crohn ou psoriase.

Se você desenvolver um novo sintoma que você não se relaciona imediatamente com a EA, você deve perguntar ao seu reumatologista sobre isso.

Finalizando

Ter EA significa que você deve conhecer bem toda a sua equipe de suporte médico. Seu reumatologista é o mais importante dessa equipe. Eles podem ajudá-lo a entender sua condição e sua evolução, bem como consultar com seus outros cuidadores para coordenar os cuidados. Consulte o seu “reumato” regularmente, e não hesite em contatá-los se você tiver dúvidas ou alterações de sua condição.

Curta nossa página no Facebook

Comentários

Comentários

Sejam bem vindos!